Laerte Coelho

         Sentimentos & Poesias

Textos


Bailando Na Chuva

Se as nuvens esconder o azul do céu,
fazendo do dia noite, não tenha medo,
apega-se em mim no pensamento,
que chegarei aí do seu lado mais cedo.

Nos meus braços na chuva,
seguimos a noite dançando,
debaixo de trovoadas, relâmpagos e ventos,
vamos rodopiando.

Sem lenço e molhados,
da Tempestade de água que cai,
corpos deslizam pelas ruas,
sobre as poças d’água  e se vai.

Enamorados e apaixonados,
seguem abraçados sozinhos,
numa noite fria e chuvosa,
amando-se cheios de carinhos.
 
Laerte Coelho
Enviado por Laerte Coelho em 25/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras